República Blues 2018.


Um dos maiores festivais de música instrumental do Distrito federal, aconteceu no Eixo Momumental no gramado que se estende da FUNARTE ao Clube do Choro. Praticamente 100m quadrados com uma estrutura de médio porte que abrigou 18 mil pessoas em dois dias de evento.

Fui chamado para esta empreitada de realizar a iluminação do evento pelo cenógrafo Leonardo Cinelli. Juntos fomos a reunião na produtora Hiper Espaço onde conhecemos o projeto em seu desenho estrutural pronto, apresentado pelo Henrique Rocha e sua equipe. A partir dai começamos a pensar em como tratar o visual do festival, desde a iluminação dos pórticos de entrada, área de circulação, alimentação, palco e área Vip.

Primeiro realizamos um mapa para o posicionamento das luzes de circulação e luzes de sinalização.

Depois nos concentramos em localizar o grid para colocar a luz para os 25 show que iriam acontecer, mais a luz que faria a composição da cenografia. Num primeiro momento, pensamos em utilizar a estrutura da própria cobertura geodésica, fixando o Box truss Q30 em talhas no teto.

Após uma visita técnica no local especificado para a montagem do palco, foi desenhado um mapa de luz, com o cálculo do peso dos equipamentos, para juntamente com o engenheiro que montou o estrutura geodésica, ser avaliado para saber sua viabilidade de execução.

Como a carga de equipamentos estava acima do limite suportado pela estrutura geodésica, o projeto foi refeito e decidimos colocar um grid para a iluminação em forma de um trapézio, abrindo a frente para ampliar a visão do público. E uma única vara de box truss Q30 pendurada na frente da estrutura geodésica, liberando completamente a visão da frente do palco e possibilitando uma boa luz frontal.

O resultado foi muito surpreendente. Com revestimento da estrutura Q30 de preto, a cenografia se destacou no fundo do palco compondo com ambiente harmonioso.

Hermeto Pascoal e Banda

Hermeto Pascoal e Banda

Agradeço a oportunidade de trabalhar com a Hiper Espaço produções, com o parceiro Henrique Rocha e sua equipe. Simplesmente dias de trabalho que envolveram os mais diversos provisionais da música do Brasil, em um projeto executado por profissionais - técnicos das mais diferentes áreas da arte - da cidade de Brasília.

Jeferson Gonsalves

Taryn Spilman

Para finalizar, o controle da iluminação e programação dos show, foi realizado por um console GrandMa2 OnPC com duas telas touch. O show depois de pronto foi importado para o console o que facilitou a sua programação. A margem de acerto no 3d é de até 90% de acerto. Quero aproveitar a oportunidade e fazer um agradecimento especial aos técnicos da empresa RPS sonorização e iluminação que executaram o projeto.

Pitoko (Iluminação RPS) , Eu e Elmo (Sonorização RPS)

Featured Posts
Recent Posts
Archive
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Search By Tags
Follow Us