Festival Internacional de Teatro Cena Conteporânea 2017.

O festival Cena contemporânea 2017 teve início no dia 21 com montagem do espetáculo Bleck - off COMPANHIA MANAKA EMPOWERMENT PRODUCTIONS (ÁFRICA DO SUL - França). No dia 22 de agosto iniciam as apresentações do festival com o espetáculo Poéticas Urbanas (Andaime Cia de Teatro. DF-Brasil). Ao todo foram 22 espetáculos espalhados em 8 teatros da cidade. Teatro da Caixa Econômica Federal, Teatro Plínio Marcos (FUNARTE), Teatro Sesc 913, Teatro SESC Paulo Autran, Teatro SESC Paulo Gracindo, Teatro SESC Newton Rosi, Teatro Lieta de Ló, Espaço Imaginário Cultural. Para contemplar a grade de programação foram contratados serviços de auxiliar de montagem e técnico em iluminação e sonorização, totalizando mais de 22 pessoas.






Choque. Tensões. Rompimentos. Justiça. O mundo não está para iniciantes e o Cena Contemporânea 2017 quer abrir os caminhos para o debate. Vamos mergulhar nas arenas do teatro, dialogar, olhar um pouco para nós mesmos, levar às últimas consequências os objetivos do fazer artístico e buscar alavancas para o futuro.

Esse texto que inicia a apresentação do site do Cena contemporânea revela o caminho escolhido para o tema do festival deste ano. E foi potente.



Foto Lígia Jardim

Foto: Ligia Jardim.

Foto: Nil Caniné.

Com o intuito de qualificar e renovar mão de obra técnica durante o Festival Cena Contemporânea 2017, foi oferecida um “Oficina de iluminação cênica”. A oficina aconteceu no espaço Cena Contemporânea nos dias 1 e 2 de julho de 2017. Na oficina estavam presentes mais de 13 alunos, onde foram selecionados 6 participantes para compor a equipe de dos 21 técnicos contratados para o festival. A oficina foi ministrada pelo coordenador técnico do Festival Moisez Vasconcellos, e teve como foco a manipulação dos aparelhos, o conhecimento teórico e prático sobre a iluminação cênica e segurança no trabalho.




Todas as informações como contatos dos técnicos, contato dos produtores e seus assistentes, programação completa, lista de espetáculos com tempo de duração, escala de equipe técnica com horários de montagem, e mapa de montagem com necessidades técnicas de todos os grupos estão disponíveis no “Caderno Técnico Cena contemporânea 2017” idealizado por Paulo Bitencurt Assistente de iluminação.

A incorporação da escrita sobre as técnicas do fazer teatral na área da iluminação cênica, a divulgação, e por conseqüência, manifestação do pensamento criativo descrito por acadêmicos e por pessoas de notório saber, esteve presente nas duas últimas edições. No ano passado em 2016, além da palestra acompanhando da divulgação do livro “Haja Luz” de Marcelo Augusto, tivemos a valiosa contribuição da fala do premiado iluminador Guilherme Bonfante. Neste ano de 2017 tivemos o lançamento do Livro “Em_Cena o Iluminador” de Pedro Dutra, acompanhado de uma fala em uma mesa de debate com outros acadêmicos no projeto Encontros do Cena ENCONTROS E DESENCONTROS DE DOCENTES E DISCENTES.

As equipes técnicas compostas por, carregadores, cenotécnicos, técnicos de som, de luz e de vídeo responderam as expectativas, na medida em que, todos os espetáculos inclusive os que foram operados por técnicos contratados pelo festival, tiveram a execução 100% como planejado. Este talvez seja o ponto mais importante para a coordenação técnica: a formação de novos agentes direcionados à área de técnica das artes cênicas. A importância deste tipo de serviço é indispensável cada vez mais, nos palcos modernos. Buscar renovar o espírito de coletividade, e de atração pela realização da arte como bem comum, é a maior conquista destes 3 anos em que me coloco como coordenador deste festival.

Featured Posts
Recent Posts
Archive
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Search By Tags
Follow Us